CONTATO

■ whatsapp | 48 | 999779388 email | eduardofaust@gmail.com
site | faust.arq.br ■ FACEBOOK
■ instagram | @faustarq

ARQ EDUARDO FAUST | CAU A44041-8

Graduado pela Universidade Federal de Santa Catarina UFSC.
Pós-graduado em Espaço celebrativo-litúrgico e arte-sacra na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia de Minas Gerais FAJE.

Em 2005 fundou o escritório FAUST ARQUITETURA

Assina a autoria de mais de 200 construções ligadas a Igreja em mais de 90 cidades em 14 estados no Brasil e no México.

Ministra palestras e Cursos em Arquitetura Sacra.

segunda-feira, 6 de julho de 2020

■ O anonimato e o legado de um gigante da Arquitetura Sacra brasileira, Simon Gramlich.

Durante a confecção do projeto de revitalização da Igreja São Bonifácio em Indaial SC,  minhas pesquisas me levaram a um tal de Simon Gramlich, e logo vi estava intervindo na obra de um dos maiores arquitetos sacros do país. 

Simão (Simon) Gramlich (1887 Baden Würtemberg DE  – 1968 Santa Catarina BR)  foi um Arquiteto teuto-brasileiro autor de grande da parte das mais importantes obras de arquitetura sacra no sul do Brasil.


Pouco se sabe da vida do arquiteto, sendo sua obra “redescoberta” anos após sua morte, importante saber que seus anos de trabalho no Brasil foram de 1927 até sua morte em 1968.


Gramlich transita em muitos estilos, mas podemos resumir que sua produção em arquitetura sacra focava em 3 estilos: Neogótico, Neorromânico e Art Déco.

Apesar do seu trabalho focar no estado de Santa Catarina, sua obra de maior escala está no Rio Grande do Sul. Iniciada em 1928 a Catedral São João Batista recebe o título de maior igreja em estilo neogótico tardio da América Latina.



O meu projeto favorito do arquiteto gera uma situação interessante, o mesmo projeto está construído em 3 cidades distintas
Igreja Matriz Puríssimo Coração de Maria em São Bento do Sul, SC (concluída em 1958); 
Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus em Antônio Carlos, SC (concluída em 1967); 
Catedral São José em Campo Mourão, PR (concluída em 1968). 

A bela composição sóbria Art Déco, faz dela símbolo das três cidades.

Igreja Matriz Puríssimo Coração de Maria
Catedral São José 

Catedral São José
Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus


Igreja Matriz Antônio Carlos
Igreja Matriz Puríssimo Coração de Maria.


Igreja Matriz Puríssimo Coração de Maria,Catedral São JoséIgreja Matriz Antônio Carlos


Cidade Venâncio Aires 
Igreja Matriz de São Sebastião – 1929




Cidade Sinimbu RS
Igreja Matriz Nossa Senhora da Glória 1927




Cidade Gaspar SC  
Igreja Matriz São Pedro Apóstolo 1944



Cidade Indaial SC
Igreja São Bonifácio. 

Quando fui contratado para fazer o projeto da revitalização do presbitério fiz questão de respeitar a linguagem arquitetônica presente pois vi que tinha uma unidade estética no desenho. Durante a pesquisa cheguei a um tal de Simon Gramlich, este ilustre desconhecido de tamanho legado. 

Projeto e situação anterior com altares improvisados

Projeto do presbitério finalizado


Cidade Itajaí SC
Igreja Matriz Santíssimo Sacramento - 1941



Cidade Rio do Sul SC
Catedral São João Baptista 1949




Cidade Brusque SC
Santuário Nossa Senhora de Azambuja 1939



Cidade Indaial SC
Igreja Matriz Santa Inês 




Cidade Rio do Oeste SC
Igreja Matriz Nossa Senhora Consolata



Cidade Apiúna SC - Igreja Matriz Sant'Ana
Cidade Ilhota SC - Igreja Matriz São Pio X 


Arq Eduardo Faust
faust@faust.arq.br




______________
Referências:

WITTMAN, Angelina - Simon Gramlich - Arquiteto alemão com uma obra imensurável no Brasil e vida cheia de mistérios. Disponível em
https://angelinawittmann.blogspot.com/2019/04/simon-gramlich-simao-gramlich-no-brasil.html Acessado em 01 de jul de 2020 - 14:30h.

Jornal do Médio Vale. Disponível em


Nenhum comentário:

Postar um comentário