Autor | Arquitetura Sacra

Minha foto

Arquiteto e Urbanista, sócio fundador do escritório FAUST arquitetura (2005). 

Graduado pela Universidade Federal de Santa Catarina UFSC (2004). Pós-graduado em Espaço celebrativo-litúrgico e arte-sacra na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia de Minas Gerais FAJE (2010). 

Assina a autoria de 128 Igrejas, 50 salões paroquiais, 46 centros pastorais, 12 sedes de ação social, 12 casas paroquiais e 11 secretarias paroquiais, em 13 estados, 83 cidades no Brasil e no México. 

Também participou em outros projetos e obras como consultor. Ministra palestras e Cursos em Arquitetura Sacra. Escreve artigos para a revista Paróquias e Casas Religiosas de São Paulo.

quarta-feira, 11 de julho de 2018

■ Igreja NS de Lourdes | Alphaville Barueri SP | Autor Arq Ed.Faust

■ Localização | Alphaville, Barueri SP
■ Diocese de Osasco – Paróquia Nossa Senhora de Lourdes
■ Pároco | Padre Ubirajara Alves de Melo
■ Autor | Arq Eduardo Faust
■ Projetos | FAUST arquitetura e engenharia
■ Equipe | Arq Egvar; Arq Gustavo; Arq Renato


A obra construída de autoria do escritório Biselli e Katchborian possui uma bela estrutura composta de perfís curvos metálicos aparentes. A arquitetura é bastante simples um módulo estrutural que se repete. O problema está nas fachadas frontal(leste) e de fundos(oeste).

Na fachada leste um pano de vidro que recebe toda insolação do período da manhã, ofuscando o sacerdote e os concelebrantes, o mesmo acontece na fachada oeste que recebe todo sol da tarde em um vitral que ofusca a assembleia. Por estas características a Igreja encontra-se inutilizada durante os dias.

A igreja não teve um projeto prévio do presbitério sendo adaptado em um único espaço retangular, sem pensar na dinâmica da celebração e liturgia. A fachada envidraçada lisa também não está adequada as indicações da Igreja.

Dentro do meu trabalho tenho como premissa o respeito a linguagem arquitetônica histórica da Igreja, (uma igreja com cara de igreja). E de encontro a este conceito paroquianos relataram que a obra construída remete mais a um prédio de uso comercial que a uma Igreja.

Desenho de composição do escritório Biselli Katchborian arquitetos

Aproveitando as linhas curvas criei dois arcos ogivais entrepostos gerando volumes novos, entre eles, a portada e uma expansão da assembleia. A portada simboliza a gruta de Massabielle em Lourdes e se inspiram nas pequenas grutas espalhadas pelo país.


Na fachada oeste (presbitério) possui atualmente um vitral que recebe o sol durante a tarde. Na intervenção, isolei esta insolação e aproveitei esta luz em prol da liturgia, com uma pequena rosácea no topo do arco interno.

Os volumes de fundos foram criados para readequar: Altar, Ambão, Capela do Santíssimo, capelas de devoção, e espaço para ministros. No centro foi criada uma abside também inspirada na gruta de Massabielle, para a sédia e os concelebrantes.






 Em uma das aparições NS de Lourdes pede a Santa Bernardette Soubirous para cavar debaixo da rocha e do chão seco como o deserto, brotou água. O povo retornou à gruta em busca da água e milagres começaram a ser alcançados.

A fina faixa de granito azul atravessa a igreja, ligando o Altar (Cristo) de onde brota a "água", que escorre pelos degraus, cruza a assembleia (povo de Deus) e alcança o pequeno círculo (mina dágua de Bernadette) na porta de entrada.





| Capela de NS Aparecida
A imagem fica ao centro de formas que remetem a água, ao Rio Paraíba onde foi encontrada.
O desenho circular foi inspirado nas ondas formadas a partir de uma gota que cai na água. Esta gota simboliza a fé e o cristianismo em uma pequena ação pontual se irradia para todo mundo, conceito utilizado no presbitério do santuário nacional.




segunda-feira, 18 de junho de 2018

■ Palestra Universidade Federal da Fronteira Sul | Erechim RS

Arq Eduardo Faust, ministrará palestra sobre arquitetura sacra com foco em processo criativo e execução de projetos.

Dia 19/jum/2018
Universidade Federal da Fronteira Sul
Campus Erechim
Curso de Arquitetura e Urbanismo
Auditório do Bloco de Professores 

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

■ Transformando um galpão pré moldado em Templo - Igreja Sta Teresinha em Curitiba PR


■ Localização | Curitiba PR
■ Diocese de Curitiba – Paróquia Profeta Elias
■ Pároco | Frei Edmilson Carvalho
■ Autor | Arq Eduardo Faust
■ Projetos | FAUST arquitetura e engenharia
■ Equipe | Arq Egvar; Arq Gustavo; Arq Renato


Fui contrato para finalizar a obra da Igreja Santa Teresinha na paróquia Profeta Elias no bairro Sítio Cercado em Curitiba, Paraná. 

A obra foi edificada em estrutura pré moldada de concreto armado, tal técnica construtiva possui um ótimo custo benefício porém para que isto aconteça existe limitações ao espaço e forma da edificação.

O sistema pré moldado de concreto é voltado a galpões industriais, centros atacadistas e construções de uso similar. Ao aplicar tal técnica e ao final chamar um arquiteto para transformar este espaço em uma Igreja trouxe um grande desafio.

Não é novidade. Grande parte das Igrejas construídas a partir dos anos 80 são galpões pré moldados, eu particularmente me tornei um especialista em repensar estas edificações para que tornem-se espaços de oração, dando a impressão de que nunca assemelharam-se com galpões industriais.

A Igreja Santa Teresinha é um exemplo muito bem sucedido, Pois com um orçamento baixo criou-se um espaço novo sem demolir nada, somente acrescentando. São aqueles momentos em que o custo do projeto vale cada centavo.






Inauguração com missa presidida pelo Frei Edmilson Carvalho. Parabéns Leonides Topan e toda comunidade pela realização. 








  






sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

■ Igreja Matriz São Judas Tadeu | Jataí GO | Autor Arq Ed.Faust

■ Localização | Jataí GO
■ Diocese de Jataí – Paróquia São Judas Tadeu
 ■ Pároco | Padre Valcir Alves
■ Autor | Arq Eduardo Faust
 ■ Projetos | FAUST arquitetura e engenharia
 ■ Equipe | Arq Egvar; Arq Gustavo; Arq Renato


 





terça-feira, 21 de novembro de 2017

■ Igreja Matriz São Miguel | Maringá PR | Autor Arq Ed.Faust

■ Localização | Maringá PR  
■ Diocese de Maringá – Paróquia São Miguel Arcanjo 
■ Pároco | Padre Onildo Gorla  
■ Autor | Arq Eduardo Faust  
■ Projetos | FAUST arquitetura e engenharia  
■ Equipe | Arq Egvar; Arq Gustavo; Arq Renato 



Acima - Foto Antes da reforma
Abaixo - Foto depois da reforma





No primeiro milênio da Igreja não tínhamos bancos, os fiéis celebravam de pé em torno do altar. A distribuição desta assembléia em círculo com o altar em seu centro é um convite para que todos desfrutem do grande banquete pascal. Neste espaço o altar ao centro e assembleia em semicírculo  busca estas referencias. 




O ambão elevado um degrau acima retoma o ambão antigo que não se trata somente de uma mesa, mas de um espaço. Assim como a própria palavra Ambão vem do grego anabaino, que significa elevar-se, o processo de elevar-se para proclamar a palavra de Deus. 


A tríade litúrgica básica se completa com a sédia, que foi desenhada com os mesmos traços e materiais do altar e do ambão. 

Madeira, quartzito, granito, mármore, bloco cerâmico. Os materiais brutos com sua beleza desnudada,  são belos em sua natureza em sua verdade, assim como os nossa fé cristã, temos uma verdade que é bela por si só.      


Capela do santíssimo

Nos documentos do concilio vaticano II é constante a indicação de que o presbitério deva ser cristocêntrico. Para isto criamos esta arcada ao fundo, que liga as laterais da Igreja e cria um ponto focal ao centro - ao altar -  a cruz.


Composta de arcos ogivais a arcada foi desenhada simbolizando nosso padroeiro São Miguel. Os cincos arcos formam quatro lanças. No livro do apocalipseo arcanjo Mikael (São Miguel) derrota satã com seu exército. Na arte sacra o principal símbolo de São Miguel são as asas e a espada (ou a lança) muitas vezes também compõe a balança e satã sendo subjugado. 


Arcanjo Miguel utilizou sua lança para derrotar o mal, a arcada foi desenhada com 4 lanças - que simbolizam os 4 evangelistas  e os 4 evangelhos forjam a arma do cristão para superar os piores momentos. 







Porta principal - Cruz celta





Inauguração Diácono Paulo e Padre Onildo




 







Próxima etapa | Reformulação das fachadas, construção da nova torre, salas  de atendimento e sacristias.